Notícia

Consultas Públicas são realizadas no Território

Postado em 26/05/2017
Consultas Públicas são realizadas no Território

Esta semana (dias 23, 24 e 25) foram realizadas as consultas públicas nos municípios de Capela do Alto Alegre, Ipirá e Serra Preta cujo objetivo foi de contar com a participação popular para escolha e priorização dos trechos de estradas vicinais que receberão as obras do PREMAR 2 (pontes, bueiros e passagens molhadas).

Abertas à população, nas consultas os participantes puderam apontar e votar nos seus trechos preferidos, afixados em um quadro que continha informações como o nome do trecho, extensão e população beneficiada, números estes estimados pelos proponentes. Em Capela do Alto Alegre a abertura foi feita pelo prefeito, Dr. Nei, no dia 23 (terça-feira) onde 83 munícipes apontaram 13 trechos totalizando 169 km de extensão. Já em Ipirá, a consulta foi aberta pelo Chefe de Gabinete, Edson Azevedo, havendo 80 participantes que votaram em 30 trechos com 566 km no total. Em Serra Preta o prefeito Rogério Serafim fez a cerimônia de abertura da consulta pública que contou com 91 participantes onde 19 trechos com 337 km foram votados e priorizados. Somadas as três cidades foram 254 participantes e 62 trechos apresentados para obras.

Para Creomar Baptista, coordenador de Estradas Vicinais da Seinfra, os resultados das consultas superaram todas as expectativas. Em todas elas o percentual de participantes foi representativo, destacando-se o forte empenho das lideranças municipais, fator decisivo no êxito deste importante processo de participação popular que irá assegurar à população melhores condições de trafegabilidade, acesso a serviços de educação e saúde e facilitar o escoamento da produção dos municípios.

O Projeto de Estradas Vicinais da Seinfra, por fim, tem como objetivo para supressão de pontos críticos que impeçam o tráfego nas estradas vicinais (estradas rurais não pavimentadas), favorecendo o acesso dos produtores ao mercado e dos demais cidadãos aos serviços de saúde e educação ao longo de todo o ano. O componente prevê a instalação ou substituição de pontes, bueiros e passagens molhadas (eliminando locais de atoleiro) e contempla os municípios com esses equipamentos.