Notícia

Consórcio Jacuípe realiza GAPA em Capela do Alto Alegre

Postado em 10/05/2017
Consórcio Jacuípe realiza GAPA em Capela do Alto Alegre
Durante os dias 09 a 10 de maio foi realizado em Capela do Alto Alegre o curso de Gestão de Água Para Produção de Alimentos - GAPA. O curso é uma das ações existentes dentro do Programa Mais Água, financiado pelo Ministério de Desenvolvimento Social – MDS e executado pela FATRES em parceria com o Consórcio Jacuípe.

O curso GAPA é o primeiro contato direto das famílias com as tecnologias sociais que estão prestes a conquistar, seja ela um barreiro trincheira ou uma cisterna-calçadão. O curso não só passa técnicas que possibilitam um maior aproveitamento por parte das famílias que receberão as tecnologias, como também mostra para os agricultores/as e o quanto é rico e possível se conviver no semiárido. Além de possibilitar a troca direta de saberes entre as famílias presentes.

"E mais uma etapa desse grande investimento que o Ministério de Desenvolvimento Social – MDS faz junto com o Consócio Jacuípe e da Prefeitura Municipal de Capela. O GAPA é um curso de gerenciamento da produção, ele norteia o agricultor como ele deve produzir, como deve cuidar da tecnologia que está recebendo. O curso ensina desde a questão da produção através desta tecnologia, como também para o uso dela", ressaltou Ernesto Gomes, coordenador do Mais Água – FATRES.

 Durante os dois dias de curso agricultores/as trocam experiências e saberes e aprenderam novas técnicas de como lidar com a terra e com a água. Viram que é sim possível conviver de forma digna e produtiva no semiárido aproveitando todas as riquezas que este oferece.

A cada técnica mostrada pelos instrutores, o agrônomo Elton Alves e o técnico Matheus Lima, o olhar de curiosidade, de novidade de estampava em cada rosto presente. Para dona Elvis Cleide de Macedo, que está prestes a conquistar uma cisterna-calçadão, o curso GAPA não apenas serviu para aprimorar os conhecimentos que ele já tem, mas também agregou a esta agricultora mais saberes que com certeza ele irá usar brevemente.

"Muito bom essa oportunidade, aprendemos muitas coisas diferentes. São vários conhecimentos novos. Aprendi a como preparar o solo de forma adequada, várias formas de manejo do solo, coisa que achava que sabia como fazer. O curso nos mostra como devemos conviver com a seca, e não a combater, pois ela não é passageira, principalmente para nós agricultores. Estamos aprendendo a lidar com este sistema novo. Vou usar muita coisa que aprendi aqui", disse dona Elvis Cleide de Macedo.

Em Capela serão 35 famílias beneficiadas com o projeto. Serão construídos 20 barreiros trincheiras e 15 cisternas-calçadão.